Valor dos imóveis tem queda no mês de novembro, segundo FipeZap

file9421296493413-819x311

Retração nas vinte cidades pesquisadas foi de 0,05%, quarta redução nominal consecutiva

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), divulgou, ao final da última semana, que o Índice FipeZap, que acompanha o preço de venda dos imóveis em 20 cidades brasileiras, apresentou queda nominal de 0,05% na passagem entre os meses de outubro e novembro. Trata -se da quarta queda nominal consecutiva nessa base de comparação. O indicador registrou queda de preço em oito das 20 cidades pesquisadas – São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Recife, Florianópolis e Contagem (MG).

No acumulado dos onze primeiros meses de 2015, o índice registrou um crescimento de 1,32%. Como a inflação esperada para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), neste período é de 9,47%,o preço médio anunciado do m² apresenta queda real de 7,44% em 2015.

Todas as cidades que compõem o Índice FipeZap registraram variações inferiores à inflação acumulada até novembro, sendo que os preços em Niterói, Brasília, Rio de Janeiro e Recife apresentaram queda nominal nesse mesmo período.

Já no acumulado de 12 meses (entre dezembro de 2014 e novembro de 2015), a variação do índice foi de 1,66 %, frente à inflação esperada de 10,32%. Com isso, o preço dos imóveis apresentou queda real de 7,85% nos últimos 12 meses.

Pela décima primeira vez consecutiva, a variação do Índice FipeZap foi inferior à inflação nessa mesma base de comparação. Em novembro, todas as cidades pesquisadas tiveram variação de preços inferior à da inflação nessa base de comparação.

O valor médio anunciado do m² das 20 cidades em novembro foi de R$ 7.609. Rio de Janeiro se mantém como a cidade com o m² mais caro do

País (R$10.458), seguida por São Paulo (R$8.610). Já os dois municípios com menor preço por m² foram Contagem (R$ 3.551) e Goiânia (R$ 4.179).

Sonho do Primeiro Imóvel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0