Consumidores realizam manifestação contra reajuste do preço dos combustíveis em Delmiro Gouveia

min

Dezenas de pessoas participaram da manifestação contra o reajuste do preço dos combustíveis, realizada na noite desta sexta-feira (15), em Delmiro Gouveia. Gasolina está sendo vendida em todos os postos da cidade pelo mesmo preço, o que para os manifestantes se trata de cartel.

Conforme tinham combinado através do aplicativo WhatsApp, os manifestantes se reuniram na Praça Nossa Senhora do Rosário e depois saíram em passeata pelas principais ruas da área central. Eles passaram em quase todos os postos de combustíveis da cidade, onde cada um participante abasteceu R$ 0,50 e pediu cupom fiscal.

Na cidade funcionam 11 postos e quase todos foram alvos da manifestação. Um deles teria se negado a realizar abastecimento para os manifestantes, gerando um princípio de confusão que foi contornado pelos líderes do movimento. Na ocasião, eles prometeram denunciar o ocorrido à Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AL).

Um manifestante, que preferiu não ter o nome divulgado, disse que uma comissão está sendo formada para representar o movimento. “Vamos juntar os cupons recebidos durante o manifesto para formalizarmos junto ao Ministério Público e o Procon uma denúncia sobre o aumento abusivo dos combustíveis”, disse.

A mesma pessoa assegurou que o manifesto deverá ser realizado outra vez e adiantou que já está sendo articulado por meio das redes sociais, como foi feito na primeira vez. “Estão pagando R$ 4,14 pelo litro de gasolina aditivada, enquanto em outras cidades do estado podemos encontrar preço até R$ 3,60. É uma discrepância absurda.” Disse.

Neste sábado (16), a reportagem ouviu frentistas e proprietários de postos de combustíveis que foram alvos da manifestação e eles disseram que o protesto aconteceu de maneira pacífica. Disseram também que não são culpados pelo reajuste e que a reclamação está sendo realizada contra as pessoas erradas.

Veja o Vídeo:

Minuto Sertão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0