Número de assaltos a ônibus tem a maior redução da história no mês de maio em Maceió

O mês de maio teve o menor número de assaltos a ônibus desde que é contabilizado em Maceió. Segundo o Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac), da Secretaria de Segurança Pública (SSP), foram sete ocorrências em todo o mês. Os números foram apresentados durante reunião entre a cúpula da Segurança Pública, representantes das empresas de ônibus e sindicato dos rodoviários, nesta quarta-feira (6).

De acordo com os dados do Neac, a redução em comparação ao mesmo mês do ano passado foi de 78,1%. Em 2018, foram registradas 32 ocorrências, enquanto que no mesmo período deste ano foram sete. Desde 2016, o número de assaltos a coletivos vem diminuindo expressivamente e maio deste ano entra para a estatística com o menor número já registrado em Maceió.

Segundo o secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, o resultado é fruto do trabalho desenvolvido em parceria com os rodoviários e empresários. “Tínhamos uma meta de 50 assaltos por mês quando começamos essa parceria e sabemos que esse é um crime que cresce no Brasil, mas Maceió é um dos locais com os melhores índices do país. Hoje, é o quinto dia do mês de junho e não tivemos nenhum assalto. Esse resultado não é mérito do coronel Lima Júnior ou dos rodoviários, é de todos, vem de um trabalho que a gente desenvolve em conjunto”, afirmou.

O comandante de Policiamento da Capital, coronelNeivaldo Amorim, disse que o trabalho será intensificado neste mês, em virtude dos festejos juninos. “Como tem muito eventos em junho, vamos intensificar o trabalho em todas as áreas de Maceió, por batalhão, para garantir a segurança não só dos usuários de ônibus, mas de toda a população”, afirmou.

Para o coordenador de operações do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (Simm), Paulo César, a redução do número de assaltos vem se consolidando cada vez mais devido ao trabalho realizado pela SSP e tem refletido diretamente no serviço prestado ao passageiro.

“O usuário se sente mais seguro ao utilizar o transporte público, o que não acontecia há um tempo. Ele tinha certo receio, medo de ser assaltado em determinado horário ou local, e hoje isso não é mais um problema para as empresas, que têm investido porque veem resultado nessa parceria com a Segurança, veem que o serviço tem ganhado credibilidade”, destacou Paulo César.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários (Sinttro), Sandro Reges, agradeceu mais uma vez a parceria com a Segurança Pública. “A gente fica muito satisfeito com o resultado e só temos a agradecer. Nossos amigos rodoviários de outros estados comentam bastante sobre a atuação da polícia aqui no combate aos assaltos a ônibus, sobre como a resposta é rápida e isso nos deixa muito satisfeito”, disse.

Ascom – 05/06/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *